Ex-diretor da Madhouse culpa fansubs e animação 3D pela crise do anime

Ir em baixo

29032011

Mensagem 

Ex-diretor da Madhouse culpa fansubs e animação 3D pela crise do anime Empty Ex-diretor da Madhouse culpa fansubs e animação 3D pela crise do anime




Ex-diretor da Madhouse culpa fansubs e animação 3D pela crise do anime Pirataria-anime

Que a animação japonesa está em crise já faz algum tempo não é nenhuma novidade. Fala-se muito na falta de criatividade dos criadores e na forma como as empresas licenciam seus produtos no resto do mundo. Mas o grande culpado, segundo um ex-diretor da Madhouse, é a pirataria.

Em uma entrevista publicada no site ASCII.jp, Masuda Hiromichi culpou os fansubs e a animação 3D pela crise da animação japonesa no país. Confira as declarações mais importantes e polêmicas dadas por Hiromichi:

1 – Naruto não pode fazer tanto dinheiro

O caso de maior sucesso exportado do mundo dos animes é Pokémon. Ele teve grandes vendas no início do ano 2000, porém, a maior parte dos lucros foi com produtos baseados nos personagens e jogos. No caso de Naruto, o principal produto é tudo que seja relacionada a vídeo, pois a maioria das pessoas só quer saber de ver séries gratuitamente e nunca gastar dinheiro com DVDs. A popularidade do anime continua em alta, mas as vendas fora do Japão em 2009 caíram por volta de 51% em relação a 2006.

2 – Pequenos produtores não podem contra fansubs

É impossível tomar medidas legais contra streaming não autorizado e download de arquivos. Os valores das vendas anuais de grandes produtoras de anime são quase iguais aos que a Disney gasta anualmente em medidas antipirataria.


3 – A parceria com o Crunchyroll não funcionou bem

Tentamos criar uma boa relação com os fansbus por meio de um contrato com o Crunchyroll. Esperávamos que ele tomasse medidas legais contra o download de arquivos, mas isso não foi possível. Ele também é uma empresa pequena como a nossa. Muitos dos títulos são simplesmente incompatíveis com o simulcast, porque a produção de cada episódio de uma série, geralmente, é concluída um pouco antes de ser transmitida no Japão.


4 – Fansub como “publicidade gratuita” é algo irreal

Criou-se a ideia de que os produtores de anime podem fazer dos fansubs uma espécie de “relações públicas” gratuito, e pode ganhar dinheiro com a venda de produtos ao invés de DVDs. No entanto, a venda de mercadorias fora do Japão não é negócio simples. Acordos de licenciamento e os meios de vendagem levam muito mais tempo e energia do que as vendas no formato de vídeo. Enquanto isso, aparecem os produtos e dominam o mercado.

Além disso, o mercado de produtos baseados em animações japonesas é voltado especificamente a um determinado público, bem menor do que o de animes voltado para crianças. Temos de deixar tudo nas mãos do formato de vídeo, que sem dúvida alguma, cria problemas para os fansubs que os disponibilizam gratuitamente.


5 – A animação 2D está se tornando obsoleta.

Hollywood já adotou por completo a tecnologia de animação 3D. A demanda pelo 2D não vai mais crescer. A produção em massa de animações em 3D não é páreo para a ineficiente animação japonesa em 2D.

Seriam plausíveis os argumentos de Masuda Hiromichi? De fato o diretor esqueceu que o modelo adotado pelos japoneses para negociar animes é visto como “arcaico” e “ultrapassado”, pois o produto é vendido para canais e distribuidoras de todo o mundo a peso de ouro, isso sem contar o enorme delay para que uma produção chegue num país, algo que não acontece com as animações e séries de TV americanas.

Independente das produções americanas serem mais baratas, elas são mais acessíveis e estreiam facilmente em vários países enquanto ainda são exibidas em seu local de origem. Aqui na América Latina, por exemplo, a janela de exibição diminuiu consideravelmente, tanto que o atraso costuma ser de duas semanas entre os Estados Unidos e a região, no que se refere a seriados, e tudo isso para combater a pirataria.

Há quem diga que os japoneses estão errando e muito em querer ganhar rios de dinheiro com os animes vendendo-os tão caro, quando poderiam mudar sua forma de negociação e agilizar a disponibilidade, o que possivelmente poderia diminuir o problema que enfrentam. Na prática, o modelo japonês não condiz com a atual realidade do mundo de hoje.

A tecnologia fez com que qualquer pessoa tenha acesso a um anime em questão de um único clique. Como a indústria do anime ainda não conseguiu ou não quer encontrar uma solução que agrade os dois lados (fãs e empresários), a briga entre eles e a pirataria não deverá ter um fim tão cedo.

FONTE: ANMTV

____________________________________________________________________

Ex-diretor da Madhouse culpa fansubs e animação 3D pela crise do anime Blood

Ex-diretor da Madhouse culpa fansubs e animação 3D pela crise do anime Filho-de-chuck-norris1

Essa é das grandes -^

Esposa: Tephy Ryuuzaki Kira
Daniel
Daniel
Administrador
Administrador

Alerta :
Ex-diretor da Madhouse culpa fansubs e animação 3D pela crise do anime Left_bar_bleue0 / 1000 / 100Ex-diretor da Madhouse culpa fansubs e animação 3D pela crise do anime Right_bar_bleue

Masculino Mensagens : 5016
Idade : 27

https://otakunews.forumbrasil.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Compartilhar este artigo em: diggdeliciousredditstumbleuponslashdotyahoogooglelive

Ex-diretor da Madhouse culpa fansubs e animação 3D pela crise do anime :: Comentários

Daniel

Mensagem em Ter Mar 29, 2011 3:39 pm por Daniel

Apesar de concorda um pouco com o Masuda Hiromichi, temos que ver que não é só isso.

Se existesse uma representação do japão legal aqui no Brasil que se comprometesse a trazer entrenimento oriental, combinando com o estilo brasileiro de ser (assim como o warner channel), problemas como os fansubs não existiriam aqui.

Tem que haver uma iniciativa deles e a nossa vem como consequencia.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Yagami

Mensagem em Ter Mar 29, 2011 9:58 pm por Yagami

Flw soh coisa infeliz,a causa da decadência dos animes a partir de 2000 eh a falta de fidelidade com suas origens(mangá,visual novel,light novel...),podem ver que animes bons hj em dia são soh os que nascem como animes msm(como Madoka Magica) u.u

Voltar ao Topo Ir em baixo

Rafael

Mensagem em Qua Mar 30, 2011 5:55 am por Rafael

E ainda tem aquele lance da china em querer competir com o mercado de Animes do Japão.

Se as produtoras japonesas querem ganhar espaço no mercado fora do japão eles vão tenque ceder seu animes a um preço mais assesivel para os outros paises que ainda se interessam pelos seus produtos se não prevejo uma total crise generelizada no Japão e ele vão ficar isolaodos apenas só no japão.

Voltar ao Topo Ir em baixo

avatar

Mensagem em Qua Mar 30, 2011 4:50 pm por Convidad

O carinha infeliz, parece p*** mal comida.
MIMIMIMIMI só li isso do que ele disse, até ai novidade nenhuma, ja parou para pensar que os outros paises tambem querem seu anime no mesmo tempo que o JP? Aposto que não, aposto tambem que nunca imaginou que existe outros Paises alem dos EUA e os membros da UE, que tem um grande mercado para isso. No final os japoneses querem o seu total isolamento de novo, PQP e dessa vez não vai ter em quem culpar, os holandeses tavam cagando e andando para vocês dessa vez.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Yagami

Mensagem em Qui Mar 31, 2011 1:17 am por Yagami

Engraçado eh que o msm ñ acontece com o mercado de mangás,pq será neh??????

Voltar ao Topo Ir em baixo

Mensagem  por Conteúdo patrocinado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum